Como me tornei Coach de Artistas

foto-divulgacao

Viver de Arte sempre foi o meu grande sonho e eu precisei trilhar uma longa jornada para descobrir o que significava essa expressão na minha vida. Primeiro eu vivi o mito de que arte não dá dinheiro e que viver de arte significa viver na precariedade, de que o artista necessariamente está fadado a viver na escassez.

Durante 15 anos, administrei uma jornada dupla de advogada e atriz. De dia, gerente jurídica de uma renomada associação empresarial e, à noite, atriz. Na época não acreditava que conseguiria viver do que amava fazer, do teatro. A minha grande dor era ter uma vida sem um propósito maior durante mais da metade do meu dia para só à noite, fazer o que amava. A crença limitante de que é impossível viver do que se ama, ainda mais como artista, atuava forte em mim.

Depois eu precisei de um chacoalho da vida pra tomar coragem e colocar em prática meu sonho. Mas eu não sabia como, não tinha clareza do que era viver de arte, mas eu fui. Foi, então, que descobri que a minha paixão ia além dos palcos e comecei a atuar como produtora cultural, fomentadora de artes e me formei em eutonia com objetivo de trabalhar com preparação corporal dos atores. A abertura de tantas portas me trouxe também o coaching, que apliquei prontamente com a minha rede de amigos artistas e fiquei surpreendida o quanto aqueles atendimentos transformavam a vida das pessoas. Artistas criando carreiras sustentáveis, negócios criativos e vivendo de sua arte… Ajudar artistas a encontrarem seu caminho para viver de sua arte, assim como eu encontrei o coaching na arte de viver a vida de artista.

 

Comments

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>
*
*